logo-site
21 02

Por que as mulheres não devem deixar de treinar os membros superiores?



É muito comum nas academias as mulheres terem uma certa “rejeição” ao treino dos membros superiores. Algumas alegam que desenvolvem a parte superior do corpo com maior facilidade ou têm medo de ficar musculosas e masculinizadas.

Isso é um erro!! Primeiramente porque as mulheres possuem menor quantidade de testosterona que os homens, esse hormônio é o principal responsável pelo crescimento muscular. Ou seja, para uma mulher ficar masculinizada ou com uma grande hipertrofia nos membros superiores ela terá que malhar o dobro em relação ao homem, o que é raro.

Na verdade, o treino dos membros superiores, que é composto pelas costas, peito, ombros, bíceps, tríceps (braços) é de extrema importância para as mulheres. Além de enrijecer e tonificar os músculos, reduz a flacidez, previne problemas posturais e ainda ajuda a eliminar gordura local.

Em outras palavras, podemos dizer que o treinamento dos membros superiores ajuda a reduzir aquela “pelanquinha do tchau” que incomoda tantas mulheres, favorece que o corpo tenha uma maior simetria postural, evitando futuras lesões e também contribui para que aquelas gordurinhas acumuladas nos braços e costas sejam reduzidas.


Ao realizar exercícios como o agachamento, stiff ou afundo é fundamental que a parte superior do corpo esteja fortalecida, para que não ocorra compensações, proporcionando um treino mais intenso para as coxas e glúteo.

Exercitar os membros superiores, resulta em benefícios estéticos, bem como funcionais. É observado que as mulheres que treinam essas musculaturas tendem a realizar as atividades diárias com maior facilidade, como por exemplo, levantar uma cadeira.

Portanto mulherada, esqueçam esse mito que treinar membros superiores te tornará masculinizada. Pelo contrario, esses exercícios favorecerão que seu corpo se torne mais harmônico e bonito. Não existe coisa mais charmosa que uma mulher com os braços tonificados, além disso, a preservação postural é fundamental para a saúde física.

#ficaadica

 

Gostou do Post? Compartilhe: