logo-site
04 04

Dicas do que NÃO fazer para emagrecer


Você quer emagrecer? Leia com atenção o que NÃO se deve fazer para alcançar este objetivo


Pessoal fiquem atentos nas dicas abaixo, evite realiza-las para que você consiga emagrecer com saúde e de forma efetiva. Confira:

FAZER EXERCÍCIOS AERÓBICOS DE LONGA DURAÇÃO

Os exercícios aeróbicos de longa duração e baixa intensidade, como a caminhada, não são os mais indicados para emagrecer. Estes exercícios possuem seus efeitos positivos, porém, por serem de baixa intensidade, acabam se tornando menos efetivos no aumento do metabolismo basal. Busque atividades mais curtas e intensas, como o HIIT.

BEBER POUCA ÁGUA


Ingerir uma quantidade adequada de água é fundamental no emagrecimento. Quando o organismo está bem hidratado, ele trabalha melhor e seus processos metabólicos são potencializados, fazendo com que ocorra de forma natural a redução de gordura, sem a perda de massa magra.

NÃO AUMENTAR A MASSA MUSCULAR

Se o seu objetivo é aumentar o gasto calórico, o que é melhor, um tecido ativo, que possui altas taxas de gasto calórico, ou um passivo, que serve apenas para ser usado em certas situações? O primeiro item citado são os músculos, que têm importante participação no metabolismo basal e fazem com que você gaste muito mais calorias, mesmo em repouso.

Para você conseguir emagrecer, é preciso ter uma boa quantidade de massa muscular, para que seu balanço calórico seja positivo. Isso, demonstra porque a musculação é tão importante no emagrecimento, com ela consegue-se aumentar a massa magra de forma efetiva.

FAZER DIETAS COM ALTA RESTRIÇÃO CALÓRICA

Sabe aquelas dietas milagrosas, que prometem acabar com 5 quilos em uma semana? Você pode até conseguir isso, mas com toda certeza essa perda não será mantida! Uma restrição calórica radical faz com que você até perca peso (e não gordura). A principal perda é de água e dificilmente se consegue manter o peso por muito tempo, ocasionando o efeito sanfona. O ideal é que você tenha uma dieta hipocalórica, mas que os nutrientes sejam mantidos.

NÃO CONSUMIR UMA BOA QUANTIDADE DE VITAMINAS E MINERAIS

O consumo de frutas, legumes e verduras é essencial no emagrecimento. O corpo precisa está funcionando adequadamente para suportar esse processo e os nutrientes desses alimentos são fundamentais para que isso ocorra. Caso haja necessidade, os suplementos e vitamínicos também podem ser utilizados, desde que seja por orientação de um profissional.

DORMIR MAL

Este item afeta tanto a hipertrofia, quanto o emagrecimento. É fundamental que se tenha noites bem dormidas, pois elas favorecem a regeneração celular e com isso, se consiga o equilíbrio fisiológico, essencial para a perda de peso.

Gostou do Post? Compartilhe: